O governador da Carolina do Norte Michael Easley demonstrou seu apoio nesta segunda-feira à pré-candidata democrata Hillary Clinton, há uma semana das primárias no Estado.

"É hora de ter alguém na Casa Branca que compreenda os problemas que estamos enfrentando", disse Easley em uma coletiva de imprensa com Hillary em Raleigh.

"Estou orgulhoso de apoiar Hillary, a próxima presidente dos Estados Unidos", afirmou.

O apoio do governador significa o primeiro respaldo de um alto dirigente político para Hillary no estado, onde três membros do Congresso já haviam anunciado apóio a Obama, seu rival na corrida pela candidatura democrata.

Além de governador da Carolina do Norte, Easley é um dos "superdelegados", importante aliado para a senadora de Nova york.

Hillary e Obama atualmente estão em campanha na Carolina do Norte, onde 115 delegados estarão em jogo no dia 6 de maio.

Segundo as pesquisas de opinião realizadas pelo site independente especializado RealClearPolitics (RCP), Barack Obama tem 49,8% das intenções de voto contra 37,5% de Hillary no estado.

Obama conta atualmente com mais delegados que Hillary, 1.729 contra 1.593. No entanto, são necessários 2.025 para obter a candidatura democrata.

aje/cl/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.