Governador americano desaparecido estava com amante na Argentina

Washington, 24 jun (EFE).- O governador da Carolina do Sul, Mark Sanford, que ficou desaparecido por cinco dias, não estava escalando os montes Apalaches, como tinha sido divulgado, mas com sua amante na Argentina.

EFE |

A revelação foi feita em uma caótica e surpreendente entrevista coletiva, na qual o governador só não revelou seu paradeiro, mas disse que tinha sido infiel a sua esposa e que tinha uma amante há um ano na Argentina.

O desaparecimento de Sanford, de quem não se tinha notícias desde a quinta-feira passada, tinha criado comoção no estado, já que nem sequer sua esposa Jenny sabia de seu paradeiro e ele não tinha deixado ninguém a cargo do Governo estadual.

Hoje, em seu comparecimento diante da imprensa, Sanford pediu perdão a sua mulher e a seus filhos que, segundo disse, sabia da existência desta relação há meses.

"Passei os últimos cinco dias chorando na Argentina", afirmou Sanford. "Fui infiel a minha esposa... Estabeleci uma relação com quem começou sendo uma amiga muito, muito querida", declarou. EFE pgp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG