Governador aliado de Morales apresenta renúncia

La Paz, 12 dez (EFE).- O governador interino da região central de Cochabamba, o governista Rafael Puente, apresentou sua renúncia por razões pessoais, informou hoje o presidente boliviano, Evo Morales.

EFE |

Morales parabenizou "o trabalho e o esforço" de Puente no cargo, que ocupou desde o fim de agosto, quando substituiu o opositor Manfred Reyes Villa, que perdeu seu mandato em um referendo.

O presidente boliviano disse que Puente será substituído por Jorge Ledezma Cornejo, atual deputado de seu partido, o Movimento Ao Socialismo (MAS), pela região cocaleira de Chapare, situada em Cochabamba.

Segundo a imprensa local, Puente, um ex-sacerdote jesuíta, enfrentou pressões dos setores sociais, que questionaram sua gestão no poder.

Nos últimos dias, Puente esteve envolvido em uma polêmica com a Igreja Católica por suas duras críticas ao papa Bento XVI.

O ex-governador afirmou que o pontífice vivia em "outra realidade" por ter proibido a leitura da saga Harry Potter. EFE ja/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG