Governador acaba com pena de morte no Novo México

Washington, 19 mar (EFE).- O governador do Novo México, Bill Richardson, derrogou hoje a pena de morte e tornou seu estado o 15º dos 50 dos Estados Unidos a pôr fim a esse tipo de punição.

EFE |

A lei assinada por Richardson substitui o castigo pela condenação à prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.

"Essa foi a decisão mais difícil da minha carreira política", disse Richardson em Santa Fé, capital do estado, após tornar lei o projeto.

Embora a pena de morte ainda conte com o apoio de grande parte do país, segundo as últimas pesquisas, nos últimos anos a aplicação desse tipo de condenação foi criticada por erros nos processos, assim como por denúncias de uma suposta inaptidão dos advogados de defesa.

Opositores a esse tipo de pena dizem ainda que ela é aplicada de forma racista e com maior inclemência especialmente nos estados do sul do país.

Richardson sancionou a lei depois que o projeto foi aprovado pelo Legislativo estadual na sexta-feira passada.

Utah e Colorado têm projetos para abolir a pena de morte e existem iniciativas similares em Montana e Kansas.

O último executado no Novo México foi Terry Clark, em 2001, acusado de assassinar crianças. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG