Gordon Brown não descarta sanções contra Irã por causa de plano nuclear

Londres, 14 jul (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, não descarta o apoio a duras sanções contra o Irã por causa de seu polêmico plano nuclear, enquanto chamou de inaceitável o teste de mísseis realizado na última semana por Teerã.

EFE |

Em entrevista coletiva concedida hoje em sua residência oficial de Downing Street, Brown disse que o Irã pode receber apoio para o desenvolvimento de seu potencial nuclear com fins civis sempre que trabalhar com a comunidade internacional.

"Apresentamos a eles algumas propostas, acho que não tivemos uma resposta completa ainda. Quando tivermos a resposta completa consideraremos mais medidas. Não descartamos mais punições contra o Irã", declarou.

"É por isto que digo, 'trabalhe com a comunidade internacional e aceite que nós lhe facilitaremos o poder nuclear civil ou enfrente o isolamento da comunidade internacional nos próximos anos", concluiu Brown. EFE vg/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG