Gordon Brown deveria aceitar "derrota" eleitoral, segundo pesquisa

Londres, 9 mai (EFE).- Quase dois terços dos eleitores consideram que o líder trabalhista britânico, Gordon Brown, deveria "aceitar a derrota", à vista dos resultados das eleições gerais do Reino Unido da quinta-feira e abrir passagem para um novo primeiro-ministro, segundo uma pesquisa publicada hoje.

EFE |

Londres, 9 mai (EFE).- Quase dois terços dos eleitores consideram que o líder trabalhista britânico, Gordon Brown, deveria "aceitar a derrota", à vista dos resultados das eleições gerais do Reino Unido da quinta-feira e abrir passagem para um novo primeiro-ministro, segundo uma pesquisa publicada hoje. De acordo com a enquete elaborada pela empresa YouGov para o dominical britânico "The Sunday Times", 62% dos entrevistados acredita que Brown, ainda primeiro-ministro, deveria ter aceito a derrota na sexta-feira no pleito. Nele, os conservadores de David Cameron obtiveram maioria de cadeiras e de votos, com 306 assentos e 36,1% da percentagem da votação frente às 258 cadeiras trabalhistas e 29% dos votos conseguidos pelo partido de Brown. Por sua vez, a terceira legenda política do país, os liberal-democratas de Nick Clegg alcançaram 57 cadeiras e 23%, um resultado "decepcionante", nas palavras de seu líder, após a euforia suscitada por essa formação durante a campanha eleitoral. Nessa pesquisa, 28% dos participantes apoiou a decisão de Brown de esperar para ver se conservadores e liberais chegam a um acordo para formar Governo. EFE prc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG