Gordon Brown deve ameaçar o Irã em discurso na Knesset

O primeiro-ministro britânico Gordon Brown, em discurso na Knesset (parlamento) de Israel, deve ameaçar o Irã nesta segunda-feira, com uma resposta coletiva, se não houver resultados nas negociações sobre o programa nuclear do país.

AFP |

"Aos que questionam o direito à existência de Israel e ameaçam a vida de seus cidadãos com terrorismo, nós dizemos: o povo israelense tem o direito de viver aqui, de viver livremente e em segurança", deverá afirmar Brown, segundo trechos de seu discurso divulgados por antecedência.

"Aos que pensam que declarações ameaçadoras caiam em ouvidos indiferentes, dizemos a uma só voz: é totalmente execrável da parte do presidente iraniano pedir que Israel seja apagado do mapa.

Prometo (...) que a Grã-Bretanha continuará - junto com os Estados Unidos e nossos parceiros europeus - a impedir o programa nuclear militar iraniano. Durante a visita de dois dias a Israel e Cisjordânia, também pediu mais cedo, neste domingo, o congelamento da colonização israelense e anunciou novas medidas de apoio à economia palestina.

rjm-sy/sd

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG