Gorbachov lembrará 20 anos da queda do muro com Bush pai e Kohl

Moscou, 23 jun (EFE).- O último dirigente soviético, Mikhail Gorbachov, lembrará o 20º aniversário da queda do muro de Berlim na capital da Alemanha acompanhado do ex-chanceler alemão Helmut Kohl e do ex-presidente dos Estados Unidos George Bush.

EFE |

"O primeiro encontro do tipo aconteceu em 1999, por ocasião do décimo aniversário da queda do muro", informou hoje a Fundação Gorbachov à agência de notícias russa "Interfax".

Agora, explica a fundação, "a editora Axel Springuer decidiu repetir de novo esse encontro" aproveitando o 20º aniversário.

A fonte lembrou que em 1999 os três ex-líderes protagonizaram um debate público e aberto que foi transmitido pela TV alemã.

Segundo a Fundação Gorbachov, Bush enviou recentemente uma mensagem ao último líder soviético em que assegura: "Espero com impaciência nossa encontro na Alemanha. Este será uma reunião entre amigos", disse.

Gorbachov, Kohl e Bush receberam recentemente um dos prêmios mais importantes da imprensa que anualmente é concedido pelo jornal "Bild", o de maior tiragem da Europa, pelo decisivo papel que tiveram no fim da Guerra Fria e no processo de reunificação da Alemanha.

A capital alemã realiza este ano vários eventos para lembrar a queda do muro, programa de atividades que terá um ato final em 9 de novembro no Portão de Brandeburgo. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG