Gorbachov diz que Obama confia na cooperação entre Rússia e EUA

Moscou, 19 fev (EFE).- O ex-líder soviético Mikhail Gorbachov afirmou hoje que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou em um telegrama estar convencido de que Moscou e Washington cooperarão na construção de um mundo mais seguro.

EFE |

"Estou convencido de que os Estados Unidos e a Rússia trabalharão juntos com um espírito de paz e amizade para construir um mundo mais seguro", diz o texto do telegrama de Obama, lido por Gorbachov em uma conferência na Universidade Internacional de Moscou.

O presidente americano agradeceu ao ex-líder soviético pela felicitação após a vitória nas eleições presidenciais nos EUA e disse que estima a "profunda mensagem" enviada por Gorbachov, segundo a agência "Interfax".

"Espero trabalhar com o senhor na materialização destes esforços para estabelecer boas relações entre os dois países", acrescenta o texto.

Em novembro do ano passado, Gorbachov se mostrou convencido de que a vitória de Obama nas presidenciais levará a mudanças positivas, também nas relações com Moscou.

Gorbachov afirmou então que "não é casual que todo o mundo tenha ficado à espera deste pleito, incluindo a Rússia, mais do que nunca", e acrescentou que "isso reflete a esperança de que a chegada de uma nova Administração trará consigo mudanças".

O ex-líder soviético, que declarou há alguns anos que os Estados Unidos precisam de uma "perestroika" (reestruturação), qualificou as eleições de novembro de "aula magistral do ponto de vista da democracia".

Gorbachov não descartou que, com Obama, "os EUA ocupem uma posição de liderança", o que não significa "ser hegemônico", mas "ocupar um lugar junto a outros países líderes".

Além disso, desejou à nova Administração americana "não se precipitar, não incorrer em erros" e "não ameaçar ninguém". EFE egw/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG