Gorbachov diz que o mundo corre risco de uma nova ruptura

O ex-número um soviético Mikhail Gorbachov advertiu nesta terça-feira para a possibilidade de uma nova cisão e um novo cataclismo mundial, após o reconhecimento por Moscou da independência das regiões georgianas de Abkházia e Ossétia do Sul e sua condenação pela Otan (Organização do Tratado do Atlãntico Norte).

AFP |

"A situação provocada pelos acontecimentos no Cáucaso desatou mecanismos políticos e militares na América, na Europa, na Rússia (...) O perigo de uma nova cisão apareceu e ameaça de um cataclismo mundial está aumentando", disse Gorbachov em um texto enviado à agência oficial russa Itar-Tass.

ml/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG