PEQUIM - O Google pediu desculpas a centenas de escritores chineses por ter disponibilizado em sua livraria digital milhares de obras deles sem pagar os devidos direitos autorais, informa hoje a agência oficial Xinhua.

O pedido de desculpas foi feito por meio de uma carta à Associação de Escritores da China (CWA, na sigla em inglês), disseram representantes desta organização, integrada por 2.600 autores.

Na carta, segundo a CWA, o Google manifestou a intenção de solucionar o problema negociando com os escritores chineses. O site também se comprometeu a não disponibilizar mais livros chineses em sua livraria digital antes do fim destas negociações.

Em outubro de 2008, as autoridades chinesas denunciaram o Google por ter publicado na internet 18.000 livros de 570 escritores chineses, sem que estes tivessem sido informados ou recebido pagamentos pelos direitos sobre as obras.

Leia mais sobre Google

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.