Google planeja criar serviço específico para eleições ao Parlamento Europeu

BRUXELAS - O site de buscas Google se propõe a criar uma ferramenta específica para as eleições ao Parlamento Europeu (PE), que acontecerão no primeiro semestre de 2009, semelhante ao que já funciona para o pleito presidencial nos Estados Unidos e que oferece informações sobre a campanha eleitoral.

EFE |

O diretor de produtos do serviço Google News, Josh Cohen, confirmou hoje durante um encontro com os jornalistas a intenção da companhia de iniciar o mesmo sistema, mas adaptado aos 27 países da União Européia (UE).

"É um novo desafio para a Google", disse Cohen, que reconheceu a dificuldade do projeto, ao ter de satisfazer as necessidades de todos os Estados-membros e ser desenvolvido nas 23 línguas oficiais da UE.

A companhia já iniciou alguns contatos com responsáveis da Eurocâmara para implementar a iniciativa.

Como funciona

Para tornar os dados mais acessíveis, a ferramenta do Google - que pode ser inserida na página de início personalizada do buscador - reúne em diferentes seções os vídeos, notícias, blogs ou mapas interativos com o percurso da caravana eleitoral atualizado todos os dias.

Além disso, oferece a possibilidade de selecionar um candidato concreto ou uma pessoa relevante na campanha, para obter toda a informação publicada sobre ela.

Inclusive pode comunicar aos eleitores mais atrasados quantos dias restam para se registrar e a que lugar devem ir depositar seu voto, segundo o estado ou região onde estão.

Leia mais sobre Google

    Leia tudo sobre: google

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG