Google disponibiliza ferramenta para egípcios usarem o Twitter

Serviço 'tuita' mensagem de voz deixada por usuário; serviços de internet foram interrompidos no Egito em meio a protestos

EFE |

O Google anunciou nesta segunda-feira que desenvolveu uma ferramenta para que os cidadãos egípcios possam seguir "tuitando", apesar de as autoridades do país terem interrompido a telefonia móvel e os serviços de internet.

A companhia colocou à disposição dos egípicos três telefones internacionais nos quais os usuários podem deixar uma mensagem de voz que o serviço instantaneamente "tuitará" com o tema #egypt.

Para a criação do projeto, o Google trabalhou durante o fim de semana junto a um grupo de engenheiros do Twitter e do SayNow, empresa que a gigante da tecnologia adquiriu recentemente.

Com o sistema, não é preciso internet e os interessados podem escutar as mensagens chamando os mesmos números de telefone disponibilizados ou visitando a página twitter.com/speak2tweet desde qualquer ponto de mundo.

"Esperamos que isto de alguma maneira ajude o povo no Egito a permanecer conectado neste momento tão difícil", indicou a companhia. As autoridades egípcias interromperam comunicação por telefonia móvel e internet nos últimos dias, além de tirar do ar os sites de dois periódicos independentes e de fechar a delegação da rede "Al Jazeera" no Cairo.

    Leia tudo sobre: egitohosni mubarakmanifestaçõesinternet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG