Google desafia Microsoft ao anunciar lançamento de seu próprio navegador

Washington, 1 set (EFE).- O Google lançará amanhã um navegador próprio e gratuito, em um claro desafio à Microsoft, que tem no Explorer sua principal fonte de renda, informou hoje a gigante da internet.

EFE |

O navegador do Google, que se chamará Chrome, estará disponível amanhã em sua versão beta (de teste) em 100 países, segundo os diretores da empresa em seu blog oficial.

O anúncio foi interpretado pela imprensa econômica como a entrada totalmente do Google nos domínios da Microsoft, uma empresa que cresceu até se transformar em um gigante graças à liderança de seu sistema operacional, o Windows, e de seu navegador, o Explorer.

"Todos passam muito tempo em um navegador. Fazemos buscas, conversamos, enviamos mensagens, compramos e lemos notícias. Por isso, começamos a pensar seriamente em como seria se criássemos um navegador", asseguraram no blog Sundar Pichai, vice-presidente para a gestão de produtos, e Linus Upson, diretor de engenharia do Google.

"A rede evoluiu tanto, com os novos aplicativos e programas, que nos demos conta de que não necessitamos somente de um navegador, mas de uma nova plataforma moderna", afirmaram.

Uma das funções do Chrome será isolar cada site que abre, para evitar que, em caso que de um erro, tudo seja perdido.

No entanto, os diretores anunciaram que a versão lançada amanhã é apenas o início, já que será aberto um fórum de discussão para melhorá-la antes de seu lançamento definitivo.

Além disso, o programa terá um código aberto, por isso os programadores poderão desenvolver seus próprios aplicativos, o que já ocorre com outros produtos do Google.

No blog, os diretores comentaram também que haverá uma versão do Chrome para Mac e Linux.

Atualmente, a Microsoft conta com 72% do mercado de navegadores com o Explorer. Em segundo aparece o Mozilla, da Firefox, com 20%.

EFE pgp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG