Google cortará 200 empregos nas áreas de vendas e marketing

Washington, 26 mar (EFE).- O Google anunciou hoje em seu blog que planeja cortar quase 200 empregos nos departamentos de vendas e marketing que tem no mundo todo.

EFE |

A companhia de Mountain View, Califórnia, assegurou que oferecerá aos demitidos a oportunidade de encontrar um novo emprego dentro da empresa e, caso isso não funcione, dará pacotes de indenização e apoio na busca de trabalho.

A empresa atribuiu as demissões à necessidade de consolidar sua estrutura após um crescimento acelerado nos últimos anos.

"Quando as companhias crescem tão rápido em tão pouco tempo, é quase impossível levar tudo bem", escreveu no blog da companhia Omid Kordestani, vice-presidente de vendas globais e desenvolvimento de negócio.

"Além de investir demais em algumas áreas, criamos organizações que se enfraquecem em suas tarefas, dobrando os esforços e complicando o processo de tomada de decisões. Isto faz com que nossas equipes sejam muito menos eficazes do que deveriam ser", seguiu Kordestani.

Ele acrescentou que, após avaliar "diferentes opções", tomaram a "nada fácil" decisão de "reestruturar" as organizações.

Os departamentos de vendas e publicidade, que empregavam 8 mil dos 20.222 funcionários do Google em 2008, são os que têm mais cédulas para sofrer os efeitos da crise, segundo disse à "CNN" o analista Trip Chowdhry, de Global Equities Research.

"Isto é só o começo", e as próximas demissões poderiam ocorrer "em níveis superiores" e implicar "600 pessoas mais".

"Estão reavaliando o rendimento de cada trabalhador, que é o que ocorre sempre que há uma crise", afirmou Chowdry, que considera que os cortes deveriam ter começado antes. EFE llb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG