O principal banco de investimentos americano, o Goldman Sachs, anunciou nesta terça-feira ter registrado lucro líquido de cerca de US$ 3,5 bilhões no segundo trimestre deste ano, superando as expectativas de boa parte dos analistas do setor financeiro. O lucro foi 65% maior do que o registrado no trimestre anterior.

Há alguns meses, o Goldman Sachs anunciou perdas significativas e recebeu uma ajuda de US$ 10 bilhões do governo americano. Com o bom desempenho do banco, toda essa dívida já foi paga.

O lucro da instituição financeira foi propiciado pelos ganhos de US$ 6,8 bilhões da sua unidade de commodities, moedas e renda fixa. A instituição informou ter registrado uma receita líquida de US$ 13,8 bilhões no segundo trimestre, cerca de 47% a mais do que nos três meses antes. Por sua vez, as ações do banco já acumulam uma valorização de cerca de 75% apenas neste ano. Outros bancos Na segunda-feira, os principais pregões nova-iorquinos fecharam em alta, puxada em boa parte pelo bom desempenho do banco de investimentos. O índice Nasdaq teve ganho de 2,12%, e o Dow Jones, da Bolsa de Valores de Nova York, 2,27%. O Goldman Sachs é o primeiro grande banco a registrar lucros no segundo trimestre, mas não está claro se outras instituições financeiras possam ter tido desempenho semelhante. O Bank of America, o Citigroup e o JP Morgan Chase devem anunciar seus resultados do segundo trimestre no final desta semana. As três instituições financeiras estão entre as que foram mais afetadas pela crise econômica mundial e receberam auxílios bilionários do governo americano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.