Gillani se compromete a trabalhar para conseguir o progresso do Paquistão

Islamabad, 1 abr (EFE).- O primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gillani, prometeu hoje que seu Governo trabalhará com lealdade à Constituição para conseguir o progresso do país.

EFE |

"Se não é para servir ao povo, não permaneceremos no poder", disse, segundo a rede privada "Geo TV".

Gillani fez estas declarações na apresentação esta manhã de um documentário sobre a vida do ex-primeiro-ministro e fundador do Partido Popular do Paquistão (PPP), Zulfikar Ali Bhutto, coincidindo com a semana que lembra o 29º aniversário de sua morte.

No ato, que aconteceu na Biblioteca Nacional de Islamabad, Gillani destacou que "Zulfikar Ali Bhutto levou o poder ao povo", e que seu Governo tem o compromisso de "continuar esta missão".

O recém-eleito primeiro-ministro, cujo Gabinete tomou posse nesta segunda-feira, acrescentou que os meios de comunicação devem servir de contrapeso e "criticar o Executivo, para corrigir erros", e que está "comprometido a garantir a liberdade" dos mesmos.

Gillani prometeu há poucos dias que aprovará uma nova lei de imprensa. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG