arma na reação do corpo frente a estímulos, diz estudo - Mundo - iG" /

Gestos faciais são arma na reação do corpo frente a estímulos, diz estudo

(Embargada até 14h de Brasília) Londres, 15 jun (EFE).- Os gestos faciais são uma arma para responder aos estímulos que o ser humano percebe do exterior, pois contribuem para intensificar ou relaxar os sentidos em função das emoções geradas por aqueles, segundo um estudo publicado hoje pela revista científica britânica Nature Neuroscience.

EFE |

Assim, quando se sente medo, os movimentos faciais permitem ter um maior campo de visão, movimentar os olhos mais rápido, aumentar o volume nasal e a velocidade com a qual se inspira o ar, assim como detectar objetos afastados que não seriam percebidos em uma situação normal.

Ao contrário, quando a pessoa percebe algo que considera repugnante, os gestos são diferentes dos produzidos pelo medo, já que a categoria de visão é inferior à normal, assim como o volume nasal.

A partir destas conclusões, os cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, sugerem que as expressões faciais das emoções não evoluíram ao acaso, mas para regular a ação dos sentidos.

A adaptação do rosto ao medo, portanto, funcionaria para aumentar a percepção do exterior, enquanto a resposta facial frente ao nojo reduz a apreensão do mundo externo.

Estes resultados, explicam os pesquisadores, apóiam a hipótese do evolucionista Charles Darwin, na qual sugeria que os gestos não são configurações arbitrárias para a comunicação social, mas se originaram para regular a relação entre os sentidos e o mundo físico. EFE vmg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG