Geracao de 162 mil vagas nos EUA é maior em 3 anos

Novos dados divulgados nesta sexta-feira indicam que foram criados 162 mil empregos nos Estados Unidos em março, o melhor resultado dos últimos três anos. Mas segundo analistas, os números ainda exigem cautela, embora sejam sinal de que a lenta recuperação da economia americana começa a chegar ao mercado de trabalho.

BBC Brasil |

De acordo com o Departamento do Trabalho americano, a taxa de desemprego no país permaneceu inalterada em março, em 9,7%.

O número de novas vagas também ficou abaixo da expectativa do mercado, que previa 200 mil novos empregos. Além disso, do total de vagas criadas em março, 48 mil são ocupadas por trabalhadores temporários contratados para o Censo americano.

Virada
Mesmo assim, analistas afirmam que o resultado de março pode sugerir uma virada no mercado de trabalho após meses de demissões.

"O relatório sugere que a economia abriu caminho para a criação sustentada de empregos", disse o economista chefe da consultoria IHS Global Insight, Nigel Gault.

"O principal dado não é a criação de 162 mil empregos em março, porque esse número foi artificialmente inflado pelas contratações temporárias para o Censo", afirmou o economista.

"O importante é que entre janeiro e março a economia gerou 131 mil empregos no setor privado. Apesar de a maioria dessas vagas (77 mil) ser temporária, ainda assim foram 54 mil novos empregos permanentes", disse.

Desemprego
O desemprego continua sendo um dos principais problemas da economia americana e um dos maiores desafios do governo de Barack Obama.

Analistas e o próprio governo afirmam que a taxa de desemprego não deve sair do patamar em torno de 10% neste ano.

Segundo especialistas, à medida que pessoas que haviam desistido de procurar emprego decidirem voltar à força de trabalho, a tendência é de que a taxa de desemprego demore ainda mais para cair.

Desde o início da recessão nos Estados Unidos, em dezembro de 2007, mais de 8 milhões de empregos foram perdidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG