Tbilisi afirmou nesta quarta-feira que a retirada de tropas russas de uma área próxima à região separatista da Abkházia, apresentada como o primeiro sinal da saída geral da Geórgia, não aconteceu, e admitiu que na terça-feira divulgou informações erradas.

"Ontem divulgamos informações erradas sobre a retirada russa de Ganmujuri. De fato, somente a milícia abkházia abandonou Ganmujuri", declarou à AFP o secretário do Conselho Nacional de Segurança, Alexander Lomaia.

"Os russos construíram uma barreira em uma ponte na região e a polícia georgiana voltou à localidade, mas as forças russas mantém suas posições", acrescentou.

im-mm-uh/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.