Geórgia cancela primeiros voos para Rússia desde fim da guerra

MOSCOU (Reuters) - Moscou concedeu nesta segunda-feira a uma companhia aérea da Geórgia uma permissão para voar à Rússia pela primeira vez desde que os dois países se enfrentaram em uma guerra no ano passado, mas a Georgian Airways disse que a liberação aconteceu tarde demais para que pudesse organizar os voos. O presidente russo, Dmitry Medvedev, anunciou no mês passado uma série de medidas para restabelecer as relações entre o povo da Geórgia e da Rússia, mas advertiu que não haveria contato oficial enquanto Mikheil Saakashvili fosse presidente.

Reuters |

O ministério do Transporte russo anunciou nesta segunda-feira ter concedido à companhia permissão para voos fretados em 29 e 30 de dezembro. O porta-voz do ministério, Timur Khikmatov, disse que seriam os primeiros voos de passageiros desde a guerra.

Uma porta-voz da Georgian Airways afirmou que "essa permissão aconteceu muito tarde. Nós não podemos organizar esses voos e não podemos vender bilhetes em dois dias".

(Reportagem de Anton Doroshev em Moscou e de Margarita Antidze em Tbilisi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG