Geórgia bloqueará ingresso da Rússia na OMC

O governo da Geórgia bloqueará o ingresso da Rússia na Organização Mundial de Comércio (OMC) como forma de pressionar Moscou em relação à política sobre os territórios separatistas pró-russos da Abkházia e da Ossétia do Sul, anunciou hoje o chanceler georgiano, Grigol Vashadzé, segundo a agência Interfax.

AFP |

"Não haverá um passo adiante no ingresso da Rússia na OMC até que a Rússia reconsidere" sua política, afirmou.

A Rússia se disse disposta a utilizar a força militar para proteger seus cidadãos em caso de um conflito nas províncias separatistas de Abkházia e Ossétia do Sul, na Geórgia, segundo o especialista do ministério de Relações Exteriores de Moscou, Valeri Keniaïkine.

"Se ocorrer um conflito militar, teremos que reagir, incluindo métodos militares", explicou Keniaïkine, especialista em relações com a Comunidade dos Estados Independentes (CEI, ex-URSS menos os Estados Bálticos).

"Defenderemos os interesses de nossos cidadãos com todos os meios disponíveis", acrescentou.

A Geórgia acusa a Rússia de tentar anexar esses dois territórios, apoiando as suas "autoridades" separatistas e incentivando os seus habitantes a pedir a nacionalidade russa.

As relações entre Tbilisi e Moscou se deterioraram nas últimas semanas após o anúncio do presidente russo Vladimir Putin de uma cooperação mais estreita entre a Rússia e as duas regiões separatistas.

A Rússia "cruzou a linha vermelha e cometeu um ato perigoso e provocador que poderá desestabilizar toda a região", denunciou sexta-feira, em Paris, o vice-primeiro ministro da Geórgia, Georgui Baramidzé.

Alemanha, Estados Unidos, França e Grã-Bretanha reagiram e pediram que a Rússia mude a decisão.

vvl-fb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG