mais próxima da Otan - Mundo - iG" /

Geórgia acha que está mais próxima da Otan

Bruxelas, 3 dez (EFE).- A ministra de Relações Exteriores da Geórgia, Eka Tkeshelashvili, considerou hoje que seu país está muito mais próximo de ser membro da Organização Tratado do Atlântico Norte) Otan, mesmo tendo sido recusado ontem mesmo no Plano de Ação para a Adesão (MAP), atualmente imprescindível para o ingresso na entidade.

EFE |

Em seus comentários de abertura do Conselho OTAN-Geórgia, Tkeshelashvili "agradeceu" aos aliados o mecanismo alternativo que estabeleceram para ajudar a seu país a realizar as reformas políticas, econômicas e militares necessárias para alcançar seu objetivo.

Os EUA estão empenhados em incluir Geórgia e Ucrânia na Otan, mas países europeus, como Alemanha, França, Espanha e Itália, consideram a medida prematura, sobretudo levando em conta o enfrentamento diplomático que representaria com a Rússia, e o conflito bélico no qual Tbilisi entrou em agosto.

Deste modo, diante da impossibilidade de concordar conceder a estas repúblicas o status do "MAP", ontem os aliados criaram em troca comissões bilaterais especiais, distintas das que já existem, para aprofundar em suas relações com Geórgia e Ucrânia.

Para Tkeshelashvili, o estabelecimento deste mecanismo "é um momento histórico" e um "apoio político muito significativo à integridade e soberania territorial da Geórgia", além de "uma ferramenta muito prática em um momento difícil".

Ela disse considerar "muito encorajador" ver "a determinação dos aliados para ajudar a Geórgia", e afirmou que "a decisão de ontem implica que o caminho em direção ao futuro está bem marcado". EFE met/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG