George Bush pai oficializa apoio a Romney e pede união entre republicanos

Favorito para conseguir a nomeação do partido, Mitt Romney obteve apoio também do senador republicano Marco Rubio e Jeb Bush

iG São Paulo |

O ex-presidente dos Estados Unidos George H.W. Bush oficializou na quinta-feira seu apoio formal à candidatura do pré-candidato republicano à presidência Mitt Romney, que até agora vem se mostrando como o favorito para enfrentar Barack Obama nas eleições de novembro , e pediu união entre os republicanos.

iG explica: Entenda como funcionam as eleições americanas

Bush pai, que recebeu o candidato em seu escritório de Houston, assegurou que o ex-governador de Massachusetts é um "bom homem" e que seria um "grande presidente", segundo o canal CNN.

AP
Romney encontrou-se com o ex-presidente Bush na quinta-feira em Houston (29/3)
O ex-presidente, que estava acompanhado por sua esposa Barbara, já havia expressado em várias ocasiões sua simpatia por Romney, mas apenas nesta quinta-feira oficializou seu apoio.

"Obter seu apoio significa muito para mim em nível pessoal, familiar e também nacional", disse Romney a Bush pai. "Espero honrar essa demonstração de apreço com uma vitória", acrescentou.

Bush “pai” também fez um apelo aos republicanos pela união de forças em apoio a Romney, favorito na disputa pela indicação do partido. "Conheço Mitt há tempos; é o homem certo para realizar essa tarefa e sair vitorioso", disse Bush, que é pai do ex-presidente George W. Bush.

"Acho que é o momento de união do partido para apoiar o governador Romney", afirmou. A disputa entre os republicanos está acirrada e a nomeação de um nome para concorrer com Barack Obama pode se estender até agosto , quando ocorre a convenção do Partido Republicano.

Jeb Bush

Na semana passada, o filho do ex-presidente e ex-governador da Flórida Jeb Bush já havia anunciado apoio a Romney. Seu irmão, George W. Bush, 43º presidente dos EUA, ainda não falou sobre suas preferências.

“Eu ainda não me encontrei com George W. Bush. Falo com ele de vez em quando”, disse Romney ao ser questionado sobre o apoio do antecessor de Obama.

Romney apresenta-se na liderança da disputa, com 565 delegados, seguido por Rick Santorum, com 256; Newt Gingrich, com 141 e Ron Paul, com 66, segundo o portal Real Clear Politics.

Para obter a indicação do partido, um candidato precisa conseguir 1.144 delegados.

O apoio de Bush pai e do senador republicano Marco Rubio, anunciado na quinta-feira, deram um impulso quase definitivo à candidatura de Romney, apesar de ele ainda estar longe de conseguir os delegados necessários para alcançar a nomeação antes da convenção republicana, em agosto.

Saiba mais: Veja o especial sobre eleições americanas

O apoio de Bush e Rubio serão fundamentais para permitir que o pré-candidato avance com mais clareza no restante de primárias e caucuses (assembléias populares) e acumular um maior número de delegados.

*Com EFE, AP e AFP

    Leia tudo sobre: eleição nos euaeuaobamaromneysantorumpaulgingrichbushrubio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG