Genoma humano muda com a idade

O genoma de cada pessoa muda com o passar dos anos devido a fatores ambientais e nutricionais, o que pode explicar porque doenças como o câncer surgem com a idade, revela um estudo publicado nesta terça-feira.

AFP |

Pesquisadores da Johns Hopkins University concluíram que as marcas epigenéticas na sequência do DNA se modificam ao longo da vida de uma pessoa e que as características desta mudança são semelhantes entre os membros de uma mesma família.

"Estamos começando a ver que a epigenética está no centro da medicina moderna porque as mudanças epigenéticas, ao contrário da sequência do DNA, que é igual em todas as células, podem ocorrer como resultado de uma determinada dieta ou exposição ao ambiente", disse Andrew Feinberg, professor de biologia molecular e genética da universidade.

"A epigenética pode ter um papel decisivo em doenças como a diabetes, o autismo e o câncer", destaca o estudo, publicado no Journal of the American Medical Association.

A equipe analisou as sequências de DNA de 600 pessoas de integravam o chamado projeto AGES Reykjavik Study, realizado na Islândia.

Os participantes forneceram amostras de DNA em 1991, 2002 e 2005, para que os pesquisadores medissem as variações dos níveis de metilação, a principal modificação epigenética. Em cerca de um terço dos casos, os níveis de metilação mudaram ao longo dos anos.

"Uma metilação imprópria pode contribuir para o surgimento de doenças, a metilação em excesso pode anular alguns genes e pouca metilação pode ativar alguns genes no tempo incorreto ou na célula errada", destacou Vilmundur Gudnason, professor de genética cardiovascular da Universidade da Islândia.

"O que observamos foi uma mudança comprovada ao longo do tempo, o que confirma que a epigenética de um indivíduo muda com a passagem do tempo", disse Daniele Fallin, professor de epidemiologia da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health.

Estas mudanças também podem ser hereditárias, o que explicaria porque algumas famílias estão mais propensas que outras a desenvolver doenças.

js/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG