General golpista Abdel Aziz vence eleições na Mauritânia (ministro)

O ex-chefe da junta e líder do golpe de Estado de 6 de agosto de 2008 na Mauritânia, general Mohamed Uld Abdel Aziz, foi eleito presidente da República com 52,58% dos votos nas eleições de sábado, anunciou neste domingo o ministro do Interior mauritano.

AFP |

"Mohamed Uld Abdel Aziz, que obteve 52,58% dos votos, foi eleito presidente da República", afirmou o ministro Mohamed Uld Rzeizim, depois de ter divulgado os resultados parciais do primeiro turno eleitoral.

"As eleições se desenvolveram em ótimas condições. Felicito os eleitores mauritanos por seu senso de responsabilidade e por seu civismo", acrescentou.

"E afirmo aqui que não recebi reclamação alguma ou recurso que ponha em dúvida a validade da votação, apesar das informações que nos chegaram sobre a divulgação por parte de quatro candidatos (da oposição) de um comunicado contestando os resultados da votação", afirmou.

Os quatro principais candidatos da oposição denunciaram neste domingo uma "farsa eleitoral que busca legitimar o golpe de Estado" de 6 de agosto.

Em uma declaração, rejeitaram os "resultados pré-fabricados" da eleição e instaram a comunidade internacional a enviar uma missão de investigação independente sobre as irregularidades constatadas.

hos-cpy/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG