Geithner pede que G7 atue com rapidez contra crise econômica

Washington, 9 fev (EFE).- O secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner, falou hoje com os ministros de Economia e Finanças do Grupo dos Sete (G7, os sete países mais industrializados do mundo) e lhes pediu que atuem com rapidez para recuperar a saúde da economia global.

EFE |

Geithner conversou com um grupo de ministros de Economia e Finanças do G7 (Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido) via conferência telefônica, como contato prévio à reunião desta sexta-feira em Roma, informou o Departamento do Tesouro em comunicado.

"O secretário ressaltou a necessidade imperativa de que todos os países atuem com rapidez para recuperar a saúde da economia global e dos setores financeiros", assinalou o Departamento do Tesouro.

Segundo o comunicado, Geithner "está desejando abordar este tema com os ministros do G7 em Roma neste fim de semana".

A reunião desta sexta-feira será a primeira com seus colegas desde que assumiu o cargo de secretário do Tesouro do novo Governo americano.

Além disso, o encontro servirá como preparação para a cúpula do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes), que será realizada em 2 de abril, em Londres. EFE cae/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG