Gays são atacados durante marcha na Eslováquia

Sábado também foi de manifestação pelos direitos homossexuais na Romênia, onde não houve incidentes

iG São Paulo |

Cerca de 80 ativistas da extrema direita atacaram gays, lésbicas e simpatizantes que faziam uma passeata em Bratislava, capital da Eslováquia, neste sábado. A manifestação reuniu cerca de mil pessoas.

Os manifestantes foram atacados com pedras e bombas de fumaça. Ao menos duas pessoas ficaram feridas e a polícia deteve oito agressores.

Uma parada pelo orgulho gay também ocorreu neste sábado em Bucareste, capital da Romênia. Cerca de 200 pessoas percorreu as ruas do centro de Bucareste para protestar contra a discriminação.

Um forte esquema de segurança foi montado devido à ameaça de militantes de direita. A passeata gay ocorreu apenas algumas horas depois de outra marcha, que reuniu cerca de 100 pessoas, em protesto contra a homossexualidade. Não houve confrontos entre os dois grupos

O homossexualismo foi descriminado na Romênia em 2003, mas, "lamentavelmente, ainda persiste uma forte tradição contra os gays", segundo Florin Buhuceanu, vice-presidente do movimento ACCEPT, que defende os direitos dos homossexuais.

Com AP e AFP

    Leia tudo sobre: romêniaeslováquiahomossexuais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG