Gato que pegava ônibus sozinho morre atropelado na Inglaterra

LONDRES (Reuters Life!) - Um gato que ficou famoso na Grã-Bretanha por pegar ônibus sozinho na cidade de Plymouth, no sul da Inglaterra, morreu atropelado, disse a mídia. Gaspar, um gato branco e preto de 12 anos, costumava esperar com as pessoas no ponto de ônibus em frente a sua casa e, então, subir no ônibus número 3, onde se sentava em uma poltrona. O gato era tão conhecido da linha que os motoristas sabiam em que ponto deixá-lo descer.

Reuters |

A morte de Gaspar foi anunciada em uma nota colocada no ponto de ônibus por sua dona, disseram os jornais locais e a BBC.

"Muitas pessoas conheciam Gaspar, que amava a todos -- ele também adorava uma viagem de ônibus", dizia a nota.

"Infelizmente, um motorista o atingiu e não parou. Gaspar morreu dos ferimentos. Ele vai fazer muita falta... ele era um bicho muito amado e tinha muito caráter. Agradeço a todos que fizeram amizade com ele".

O serviço de ônibus, First Devon and Cornwall, disse estar "devastado" pela morte do animal.

"Gaspar tocou muitas vidas e claramente teve uma vida muito excitante viajando por Plymouth e sabe-se lá por onde mais", disse uma porta-voz da empresa em um comunicado.

"Suspeito que agora ele esteja explorando o céu e contando a todos os outros gatos lá em cima sobre as aventuras que teve".

A dona do gato, Susan Finden, de 55 anos, que o resgatou das ruas em 2002, disse que ele sempre foi um espírito livre e foi batizado em homenagem ao personagem de desenho Gasparzinho, o fantasminha camarada, por causa de seu hábito de vagar pela cidade.

(Reportagem de Paul Casciato)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG