O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, foi prudente nesta quinta-feira em relação a uma retirada, em até 16 meses, das tropas americanas estacionadas no Iraque, como deseja o presidente Barack Obama, e destacou que se trata de uma possibilidade entre uma variedade de opções.

Gates, que deu sua primeira entrevista coletiva desde a posse do presidente Obama, participou ontem de uma reunião sobre o Iraque na Casa Branca, na presença de autoridades militares.

Essa reunião foi "o começo do processo de avaliação das diferentes opções" de retirada dos 143.000 soldados americanos presentes no Iraque, comentou Gates, e "16 meses é uma delas".

dab/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.