Washington, 18 mar (EFE).- O secretário da Defesa americano, Robert Gates, disse hoje que propôs o nome do almirante James Stavridis como comandante do Comando Supremo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na Europa.

Segundo Gates, Stavridis, atual líder do Comando Sul dos EUA, que supervisiona as operações na América Latina, "é provavelmente um dos melhores oficiais" do país.

A proposta de Gates deve agora ser aceita pelo presidente americano, Barack Obama, e confirmada pelo Senado do país.

Com isso, Stavridis pode se transformar no primeiro oficial da Marinha americana a alcançar o cargo de chefe militar da Otan.

A possibilidade de que um militar da Marinha assuma as operações da Aliança no momento em que o organismo planeja expandir sua missão no Afeganistão causou preocupação em alguns setores.

Obama aprovou o envio de 18 mil soldados americanos a mais ao Afeganistão para reforçar o contingente de aproximadamente 36 mil que já se encontram desdobrados no país asiático. A Otan tem outros 30 mil militares em território afegão.

Stavridis substituiria no comando supremo da Otan o general do Exército John Craddock. EFE mv/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.