O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, felicitou nesta terça-feira as autoridades indianas por sua cautela depois dos atentados de Mumbai, quando estas descartaram a possibilidade de recorrer à força contra o vizinho Paquistão, onde estariam vários islamitas suspeitos do ataque.

A India pediu formalmente ao Paquistão, por intermédio de seu embaixador em Islamabad, para lhe entregar cerca de 20 suspeitos após os atentados que fizeram 188 mortos.

Na cabeça da lista figura Hafeez Sayeed, o chefe do Lashkar-e-Taiba, baseado no Paquistão e ativo na Cachemira.

vog/sf/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.