Gates diz que EUA podem reforçar tropas no Afeganistão

Washington, 16 jul (EFE).- O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, acenou hoje com a possibilidade de aumentar o contingente militar no Afeganistão ainda este ano.

EFE |

No entanto, numa conversa com soldados no Forte Drum, no estado de Nova York, o chefe do Pentágono esclareceu que o aumento seria mínimo.

"Acho que não haverá um aumento significativo" nas tropas no Afeganistão para "além dos 68.000" soldados aprovados pelo presidente Barack Obama para este ano, destacou.

"Talvez haja um aumento, mas não muito grande", afirmou.

Tanto Gates como outros militares americanos disseram que não desejam aumentar o número de soldados no Afeganistão para não dar a impressão de que as tropas fazem parte de uma força de ocupação.

Os EUA intervieram militarmente no país asiático em 2001, depois dos atentados de 11 de setembro. O objetivo do Governo americano sempre foi neutralizar as operações dos rebeldes talibãs.

Fontes do Pentágono disseram que, nas próximas semanas, o general Stanley McChrystal, que chegou este ano a Cabul, deve informar o secretário de Defesa sobre as necessidades de mais tropas. EFE ojl/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG