Um bebê de panda vermelho do zoológico de Amsterdã, abandonado por sua mãe, está sendo amamentado por uma gata doméstica, que passou a criá-lo junto com seus filhotes, anunciou o zoológico Artis em um comunicado.

"O pequeno panda está bem, em vista das circunstâncias. Para que tenha chance de sobreviver, é muito importante que ingira comida suficiente e que cresça. Logo veremos se é o caso, nas próximas semanas. Parece que o bebê panda deve ser amamentado pelo menos mais algumas semanas", esclareceu.

Embora sejam conhecidos os casos de animais domésticos que amamentam crias selvagens, é a primeira vez que uma gata se ocupa de um panda vermelho, conhecido também como panda pequeno, ou panda dourado, como parte de um programa reprodutivo na Europa, acrescentou o zôo.

O filhote, ainda sem nome, é filho de Werner e Gladys. A fêmea parecia aceitar seus bebês, mas acabou abandonando-os e, um dia depois do parto, eles apareceram sozinhos, com sintomas de hipotermia.

"A gata de um dos vigias do zôo tinha acabado de parir. Decidiu-se, então, tentar fazer com que amamentasse esses filhotes de panda", completou a nota.

"Um deles não sobreviveu (...) Seu estado era frágil quando foi posto próximo da gata", lamentou a instituição.

Os pandas vermelhos são uma espécie ameaçada que vive no leste do Himalaya. Para salvá-los, foram criados vários programas de reprodução em parques zoológicos do mundo todo.

gdh/ap/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.