Gasoduto pega fogo e provoca gigantesco incêndio em Moscou

Um gasoduto pegou fogo na madrugada deste domingo em Moscou, provocando um gigantesco incêndio com labaredas de até 200 metros de altura que os bombeiros só conseguiram apagar no meio da tarde.

AFP |

"O incêndio foi apagado. O esfriamento dos tubos de metal continua", informou um porta-voz ministerial, Evgueni Bobylev, citado pela agência Ria Novosti.

O fogo se declarou às 00H30 deste domingo (17H30 de sábado, hora de Brasília), e só foi apagado depois das 15H40 locais (08H40 de Brasília), destacou a agência Interfax.

Cinco pessoas foram feridas, entre elas um homem queimado a 35%, frisou o prefeito de Moscou, Yuri Lujkov, citado pela Interfax. Lujkov destacou que a causa do incêndio é muito provavelmente acidental.

"O incêndio pode ter sido provocado por um excesso de pressão" no gasoduto, disse o prefeito à agência Ria Novosti.

Especialistas da Rostekhnadzor, a agência russa das inspeções técnicas, vão inspecionar o local assim que a segurança estiver garantida.

A televisão mostrou imagens espetaculares de chamas que chegaram a 200 metros de altura durante a madrugada.

Trata-se do pior incêndio dos últimos 20 anos na capital russa, segundo autoridades locais citadas pela Interfax.

"Não me lembro de já ter visto um incêndio como este em Moscou", declarou o prefeito adjunto, Piotr Birukov, destacando que o fornecimento de energia à cidade não foi afetado. Porém, segundo a companhia de telefonia municipal, 80.000 pessoas tiveram suas linhas cortadas.

sjw/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG