Uma jovem haitiana de 11 anos resgatada com vida na quinta-feira morreu a caminho do hospital, segundo a rede CNN. A menina ficou dois dias presa nos escombros após o forte terremoto que atingiu o Haiti na terça-feira.


Segundo a CNN, após o resgate a menina foi a um posto de atendimento de primeiros socorros, onde médicos disseram a sua família que não tinham o equipamento necessário para cuidar dos ferimentos. Antes que pudesse ser levada a um hospital, ela morreu.

Um tio da garota, ouvido pela CNN, disse que suas últimas palavras foram "mãe, não me deixe morrer". Ela foi enterrada na sexta-feira.

Resgate

Neste sábado uma haitiana de 33 anos foi resgatada com vida após passar 80 horas soterrada por escombros de um edifício, por membros da Defesa Civil do Peru e da Nicarágua.

Lidovia Pierresainte, de 33 anos, cozinheira de uma casa onde viviam três adolescentes, foi encontrada vida. Já as jovens para quem trabalhava não foram achadas.

Com o rosto branco de poeira e pó de gesso, Lidovia foi encontrada presa da cintura para baixo por uma porta de aço, que amorteceu a queda do teto sobre o seu corpo. Aparentemente bem, ela movimentava as mãos e se expressava com clareza enquanto era resgatada.

Veja também:

Leia mais sobre terremoto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.