García discursa sobre problema marítimo com Chile e lei de imigração da UE

Lima, 28 jul (EFE).- O presidente do Peru, Alan García, destacou hoje, em sua mensagem à nação pelo segundo ano de mandato, a apresentação de um requerimento perante a Corte Internacional de Haia para fixar os limites marítimos com o Chile, e a iniciativa de diálogo com a União Européia (UE) sobre a lei de imigração do bloco.

EFE |

O Peru abriu um processo em janeiro passado contra o Chile na corte para conseguir a demarcação de seus limites marítimos, que considera pendentes.

García confia que a decisão "dará razão" ao Peru.

Além disso, García lembrou que a Chancelaria peruana conseguiu que a Organização dos Estados Americanos (OEA) impulsione um diálogo entre América Latina e UE sobre a polêmica lei de retorno de imigrantes ilegais, ao confiar que esta norma será retificada.

"A Chancelaria conseguiu que a OEA e os latino-americanos propicie um diálogo, que se iniciará em breve, com a Europa para conseguir a retificação da injusta lei de retorno que afeta nossos emigrantes e as suas famílias no Peru", disse.

O governante peruano também lembrou que o Peru, que este ano recebe duas cúpulas mundiais, assinou Tratados de Livre-Comércio (TLC) com Estados Unidos, Canadá e Cingapura e espera concretizar outros com UE, China, Coréia e México.

Nesse sentido, García anunciou que lutará por um Acordo de Associação e Cooperação entre a Comunidade Andina (CAN) - formada por Bolívia, Colômbia, Equador e Peru - e a UE, apesar da postura de La Paz em relação ao pilar comercial deste convênio.

O presidente peruano ainda prometeu buscar uma melhor redistribuição da riqueza para beneficiar os mais pobres e admitiu que faltou "serenidade" e "modéstia" a seu Governo.

Ele pediu à população "serenidade e maturidade democrática perante obstáculos que aparecem" no meio do "gravíssimo problema (alta de preços de alimentos e combustíveis) que cria um ambiente de protesto e ansiedade na população". EFE wat/rb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG