Ganhadores do Pulitzer 2010 devem ser divulgados nesta segunda-feira

Nova York, 7 abr (EFE).- A Universidade de Colúmbia em Nova York deve revelar nesta segunda-feira os ganhadores da 94ª edição do Pulitzer, que premia a excelência jornalística nos Estados Unidos, assim como obras literárias e musicais divulgadas no país no último ano.

EFE |

Um júri de 102 pessoas seleciona os melhores trabalhos jornalísticos (em 14 das 21 categorias), literários e musicais publicados nos EUA.

Cada ganhador recebe US$ 10 mil, com exceção do prêmio dedicado ao Serviço Público, que consiste em uma medalha.

O prazo de apresentação das candidaturas terminou no dia 1 de fevereiro. Segundo a universidade nova-iorquina, este ano mais de 2,4 mil trabalhos foram inscritos, entre eles 1,3 mil matérias jornalísticas.

Os artigos têm que ter sido publicados em algum jornal ou site de notícias com sede nos Estados Unidos que tenha pelo menos uma periodicidade semanal e que se ajuste aos padrões mais exigentes do jornalismo escrito.

Embora em seu testamento Joseph Pulitzer (1847-1911) só tenha mencionado 13 categorias (quatro de jornalismo, quatro de literatura, quatro de teatro e um de educação), com o tempo os prêmios aumentaram e se diversificaram.

Atualmente, as categorias diretamente relacionadas ao jornalismo são as de serviço público, notícia de última hora, editorial, crônica, crítica, jornalismo local, nacional e internacional, reportagem de investigação, de divulgação, fotográfica e de fundo, fotografia de última hora e vinheta ou caricatura editorial.

No âmbito literários são premiadas uma biografia ou autobiografia, obra de teatro, de ficção, de âmbito geral, de história e de poesia. Também há outro prêmio dedicado à música, concedido a algum autor americano que tenha realizado sua primeira gravação durante o ano.

Pela primeira vez, o júri (composto por representantes de alguns dos principais jornais e entidades universitárias americanas) acolheu entre seus membros um jornalista de um meio de internet: Jim VandeHei, co-fundador do site Politico.com.

Os prêmios serão entregues em uma discreta cerimônia que acontecerá em maio na Universidade de Colúmbia, que rejeita reiteradamente a oferta de transformar este ato em uma "extravagância televisiva". EFE mgl/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG