Gângster que matou prefeito de Nagasaki pega pena de morte

Tóquio - O gângster Tetsuya Shiroo foi sentenciado hoje com a pena de morte por matar o prefeito de Nagasaki, Itcho Ito, durante a campanha eleitoral de abril do ano passado, segundo informou a agência japonesa Kyodo.

EFE |

Shiroo, de 60 anos, era acusado de disparar duas vezes nas costas de Ito, de 61, em frente à estação de trem de Nagasaki, segundo a reconstituição da Promotoria.

O prefeito morreu no hospital seis horas e meia após receber os disparos.

O acusado, atormentado por problemas financeiros, culpava o prefeito de não dar créditos a uma empresa de construção com a qual era associado.

Em fevereiro do ano passado, quando o prefeito anunciou sua intenção de concorrer às eleições, Shiroo decidiu matá-lo com o objetivo de impedir sua reeleição.

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG