TOYAKO, Japão (Reuters) - Os líderes do G8 reunidos no Japão disseram nesta terça-feira que vão buscar sanções contra o Zimbábue, após a violenta eleição que estendeu o mandato de 28 anos do presidente Robert Mugabe. Vamos tomar os próximos passos, introduzindo medidas financeiras e outras contra os indivíduos responsáveis pela violência no Zimbábue, disse o G8 em comunicado.

(Por David Ljunggren)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.