Os dirigentes do G8 reunidos em LAquila (centro da Itália) condenaram energicamente a Coreia do Norte pelo teste nuclear e os disparos de mísseis dos últimos meses, em uma declaração conjunta divulgada nesta quinta-feira.

"Condenamos nos mais enérgicos termos o teste nuclear realizado pela República Democrática da Coreia em 25 de maio de 2009, que constitui uma violação flagrante das resoluções do Conselho de Segurança da ONU na matéria", afirma o testo assinado pelos chefes de Estado e de Governo do G8.

"Um teste deste tipo coloca em questionamento a paz e a estabilidade na região e além", afirma o G8, que também condenou o disparo de um foguete balístico por parte de Pyonyang em abril.

O G8 (Alemania, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Japão e Rússia) pede a Pyongyang o fim dos testes nucleares e dos disparos de mísseis, além do abandono de qualquer arma nuclear ou programa nuclear existente.

mg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.