Toyako (Japão), 8 jul (EFE).- O Grupo dos Oito (G8, os sete países mais industrializados e a Rússia) reconhece a necessidade de reduzir em 50% as emissões de CO2 à atmosfera no ano 2050, uma medida para combater a mudança climática, anunciou o primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda.

Os líderes dos países mais ricos do mundo, que têm posições diferentes sobre a luta contra o aquecimento global, pediram também a "cooperação" dos maiores emissores de CO2 para chegar a essa meta, segundo Fukuda. EFE psh/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.