G7 pede a organismos cancelamento da dívida do Haiti

TORONTO - Os países-membros do Grupo dos Sete (G7, nações mais industrializadas) encerraram hoje uma reunião no Canadá com o pedido ao Banco Mundial (BM) e ao Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) para que cancelem a dívida do Haiti.

iG São Paulo |

Tropas americanas

As tropas americanas permanecerão no Haiti o tempo que for necessário para ajudar na reconstrução após o terremoto devastador de 12 de janeiro, prometeu neste sábado o coronel Gregory Kane, comandante das operações dos Estados Unidos em Porto Príncipe.

"Ficaremos no Haiti o tempo que for necessário", declarou em uma entrevista coletiva Kane, diretor da Força Conjunta das Operações Americanas no Haiti. Neste sentido, avaliou que o componente militar da ajuda pode durar de "45 a 50 dias".

No entanto, destacou que "esta é uma decisão política que será tomada pelo governo americano".

O governo dos Estados Unidos enviou 20.000 soldados para participar nos trabalhos de ajuda humanitária, após o tremor de 12 de janeiro que matou mais de 212.000 pessoas.

(Com EFE e AFP)

Veja também:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG