Os ministros da Fazenda do Grupo dos Sete (G7), formado pelos países mais desenvolvidos, deram prazo de 100 dias aos bancos, nesta sexta-feira, para que revelem as perdas que teriam sofrido com a crise hipotecária dos Estados Unidos.

cg-dd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.