G20 promete envio de ajuda imediata ao Haiti

México, 14 jan (EFE).- O Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) se comprometeu hoje a entregar de forma imediata assistência econômica e em espécie para o atendimento das necessidades humanas básicas da população do Haiti, país afetado por um forte terremoto na terça-feira.

EFE |

"O Grupo dos 20 expressa sua solidariedade e suas sinceras condolências ao povo e ao Governo da República do Haiti pela devastação causada pelos tremores de 12 de janeiro, os quais ocasionaram a perda de vidas humanas, deixaram feridos e provocaram consideráveis danos materiais", disse o grupo em nota enviada pela Chancelaria de México.

O G20 também transmitiu seus "mais profundos sentimentos de solidariedade" às Nações Unidas e a todos os países que participam da Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah) "pela trágica perda de membros de sua equipe e a destruição de suas sedes sociais".

As 20 nações disseram ainda que o Haiti vive um "momento de desolação", motivo pelo qual se mostraram comprometidos e dispostos a "dar pontual seguimento ao processo de emergência e reconstrução nesse país".

Além disso, o grupo reconheceu "o chamado urgente feito à comunidade internacional pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, para que seja concedida assistência urgente" aos haitianos. EFE jd/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG