Furgão-bomba explode em Madri sem causar vítimas

Um furgão-bomba explodiu nesta segunda-feira na localidade de Campo de Naciones, leste de Madri, sem causar vítimas, mas importantes danos materiais, um atentado atribuído ao grupo armado basco ETA pelo ministério do Interior.

AFP |

Durante sua visita ao local do atentado, o ministro Alfredo Perez Rubalcaba interpretou o ataque como uma reação do ETA à proibição judicial de dois partidos separatistas bascos, o D3M e o Askatasuna, considerados pelo Supremo Tribunal como testa-de-ferros do braço político do grupo, o Batasuna.

A explosão foi ouvida num amplo raio da região, mas não causou vítimas, embora tenha feito sérios danos aos carros e prédios na vizinhança e uma cratera de um metro de profundidade no chão.

Várias ligações anônimas aos bombeiros, aos serviços sanitários e à Cruz Vermelha alertaram da explosão com antecedência.

O presidente do governo basco, o nacionalista Juan José Ibarretxe, condenou energicamente o atentado.

O ETA já havia cometido um atentado nessa mesma área em fevereiro de 2005, semanas antes das eleições bascas, fazendo explodir um carro com 30 kg de explosivos, que deixou 40 feridos.

bur-ot/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG