Ike ganha força enquanto se aproxima da costa do Texas - Mundo - iG" /

Furação Ike ganha força enquanto se aproxima da costa do Texas

Miami, 12 set (EFE).- A intensidade dos ventos do furacão Ike aumentou para 165 quilômetros enquanto se aproxima da costa do estado do Texas, aonde poderá chegar esta noite ou na madrugada deste sábado, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

EFE |

Em seu boletim das 9h (horário de Brasília), o NHC afirmou que "Ike" permanece como furacão de categoria dois na escala de intensidade Saffir-Simpson (que vai até cinco), com ventos máximos sustentados de 165 km/h e tendência a se fortalecer nas próximas 24 horas.

A costa da Louisiana, atingida na semana passada pelo furacão "Gustav", foi a primeira área a sofrer com as chuvas e com os ventos de "Ike", embora o NHC, com sede em Miami, mantenha a previsão de que o ciclone se movimentará rumo a oeste, em direção a Galveston e Houston.

Os especialistas prevêem que "Ike" poderá se transformar em "um furacão maior antes de seu olho tocar em terra no litoral" do estado do Texas, esta noite ou amanhã de madrugada.

Naquele momento, o centro do furacão estava próximo da latitude 26,9 graus norte e da longitude 92,2 graus oeste, a aproximadamente 585 quilômetros a leste de Corpus Christi (Texas) e 370 quilômetros a sudeste de Galveston, também no Texas.

Além disso, movimenta-se em direção oés-noroeste a 20 km/h e deve dar um giro em direção a noroeste hoje à tarde.

Segundo os modelos por computador do NHC, o olho do furacão "Ike" deve se aproximar muito do litoral do Texas esta noite ou na madrugada de amanhã, embora muito antes possa causar chuvas torrenciais sobre a costa.

Segundo as previsões, o olho de "Ike" deve tocar terra nas proximidades do porto de Galveston e depois avançar por terra como furacão de categoria um rumo à metrópole de Houston, com população de 5,6 milhões de habitantes.

O estado de emergência foi declarado no Texas e em algumas regiões do litoral foi emitida uma ordem de evacuação obrigatória.

A intensidade e periculosidade de "Ike" fez com que as empresas petrolíferas que operam no Golfo do México suspendessem aproximadamente 97% de sua produção e uma porcentagem semelhante de gás natural.

No total, foram evacuadas 655 plataformas de extração, 78% das existentes na região, segundo o Serviço de Gestão de Minerais (MMS, em inglês), uma agência governamental.

Mantém-se o aviso de furacão (passagem em 24 horas) desde Morgan City, na Louisiana, até a baía de Baffin, no Texas.

Está vigente um aviso de tempestade desde o sul da baía de Baffin até o porto de Mansfield, no Texas, e também desde o leste de Morgan City até a divisa entre Mississipi e Alabama, inclusive a cidade de Nova Orleans e o lago Pontchartrain. EFE emi/fh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG