Tamanho do texto

Havana, 29 ago (EFE).- Toda a metade ocidental de Cuba será atingida, entre o sábado e o domingo, pelo furacão Gustav, que se aproxima da ilha com ventos de mais de 120 km/h, informou hoje o Instituto de Meteorologia cubano.

"Em toda a metade ocidental de Cuba, é preciso continuar prestando atenção à evolução e à futura trajetória do furacão 'Gustav'", destaca um alerta emitido pelo centro.

"A zona de perigo potencial", informaram os meteorologistas cubanos, se estende de Pinar del Río, a província mais a oeste e localizada em frente à península mexicana de Iucatã, a Matanzas (centro), incluindo a Ilha da Juventude (sudoeste).

"Mas Villa Clara e Cienfuegos (no centro da ilha) também devem ficar atentas, devido à possibilidade de a trajetória (do 'Gustav') sofrer alguma inflexão mais para leste", acrescenta o último alerta.

O instituto destacou que o "'Gustav' pode virar um grande furacão nas cercanias de Cuba", e que sua área de influência "será muito grande" ao passar sobre a ilha durante o sábado e as primeiras horas de domingo.

Haverá chuvas fortes, mar agitado e inundações, sobretudo no litoral sul.

O "Gustav", com ventos máximos constantes de 120 km/h, se desloca para noroeste a 20 km/h. EFE am/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.