(Atualiza com boletim do NHC publicado às 12h de Brasília). Miami, 9 set (EFE).- O furacão Fred, o segundo desta temporada no Oceano Atlântico, passou hoje para a categoria 3 na escala de intensidade de Saffir-Simpson e se encontra a 870 quilômetros do arquipélago africano de Cabo Verde, informou o Centro Nacional de Furacões americano (NHC, em inglês).

Segundo seu boletim de 12h (horário de Brasília), o NHC diz que "Fred" apresentava ventos máximos sustentados de 195 km/h em seu caminho rumo ao Atlântico Norte, motivo pelo qual passou a ser um furacão de categoria maior.

No entanto, os meteorologistas do centro americano esperam que o fenômeno perca força a partir de amanhã.

Por enquanto, "Fred" não representa nenhuma ameaça para áreas povoadas. As projeções do NHC indicam que o furacão pode se manter no meio do oceano em seu caminho rumo ao norte.

O fenômeno meteorológico se movimenta para noroeste com uma velocidade de translação de quase 20 km/h. A previsão é de um giro gradual rumo a nornoroeste e norte com um diminuição de sua forças nas próximas 48 horas.

A atual temporada de furacões no Oceano Atlântico começou em 1º de junho e termina em 30 de novembro. Até agora, se formaram até agora seis tempestades tropicais e dois furacões, "Bill" e "Fred", os dois de categoria maior (3, 4 e 5) na escala de intensidade de Saffir-Simpson. EFE emi/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.