Furacão Omar ganha força e chega à categoria 3

SAN JUAN - O furacão Omar ganhou força, chegando à categoria 3 ao se dirigir para Porto Rico e as ilhas do nordeste do Caribe, ameaçando trazer chuvas torrenciais que podem causar perigosas enchentes e deslizamentos de terra na quinta-feira.

Reuters |

A 15a tempestade tropical da temporada de furacões do Atlântico, Omar se formou ao norte da ilha holandesa de Curaçao na terça-feira, interrompendo brevemente as operações petrolíferas na Venezuela e suspendendo as unidades de processamento de uma refinaria nas Ilhas Virgens.

Omar foi um furacão de categoria 3 na escala Saffir-Simpson, com ventos de quase 195km por hora, ao passar pelas ilhas Virgens e pelas ilhas Leeward, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.


Furacão Omar se movimenta no mar do Caribe / AP

Omar se move na direção nordeste, a quase 32km por hora e deve continuar nessa direção pelos próximos dias. "De acordo com a previsão, o centro de Omar vai passar pelo norte das ilhas Leeward na manhã de quinta-feira", informou o centro baseado em Miami.

Alerta

Em Porto Rico, onde vivem cerca de 4 milhões de pessoas, as escolas, gabinetes do governo e os comerciantes fecharam suas portas. O edifício Capitol, que fica à beira mar, estava vazio no começo da tarde e um shopping teve a segurança reforçada com barreiras antifuracão.

Os moradores foram para os supermercados para estocar água, enlatados e outros suprimentos.

"Não estou tão preocupado, mas fui lá e comprei água, velas e gasolina", disse Kevin Mead, 35, morador de San Juán. "Paguei com meu cartão de débito. Estou guardando meu dinheiro".

Israel Matos, diretor do Serviço Nacional de Metereologia, disse que há temores de que a tempestade afete as mesmas áreas atingidas por chuvas fortes há três semanas, quando 76cm de chuva causaram enchentes severas.

"O chão está saturado, o que aumenta a possibilidade de enchentes e deslizamentos de terra", disse.

Por volta das 2h, o olho do furacão Omar estava a cerca de 45km de St Ctois, segundo o Centro de furacões.

Omar pode seguir para o oceano Atlânrtico, depois de passar pelas ilhas Leeward, não oferecendo perigo aos Estados Unidos.

Leia mais sobre furacão

    Leia tudo sobre: furacãoomar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG